Investigação e Avaliação em Psicologia e Saúde

Editor: José Luis Pais Ribeiro

 

PRIMEIRA PARTE

 INVESTIGAÇÃO

 

1. INICIAR E IMPLEMENTAR UMA INVESTIGAÇÃO

Introdução

O que diferencia o método Científico do Senso comum

Raciocínio dedutivo Ou indutivo,

História do controlo em psicologia

As fases dos Projectos de investigação

Iniciar a investigação

Recolha de dados

Apresentar os resultados

O que deve incluir um relatório de investigação

Página de título

Resumo

Introdução

Método

Resultados

Discussão

Referências

Tipos de trabalhos escritos  

2. ASPECTOS METODOLÓGICOS DE UMA INVESTIGAÇÃO

Desenhos de investigação  

Experimental

Observacional  

Métodos de investigação

Métodos epidemiológicos

Métodos de sondagem

Métodos experimentais

Métodos clínicos  

Validade dos desenhos de investigação

Validade interna

Validade externa  

População e universo

Porquê da amostragem

Tipos de amostra

Quantos indivíduos deve ter uma amostra  

Análise estatística

Estatística paramétrica versus não paramétrica

Análise correlacional versus experimental

Análise inferencial verses descritiva

Análise univariada versus multivariada

Análise estatística

Análise bivariada

Erro tipo I e Il

Testes unicaudais versus bicaudais  

3. ASPECTOS ÉTICOS DA INVESTIGAÇÃO

Ética na investigação

Aspectos gerais da ética na investigação no campo da saúde e doenças

Medidas relativas à autoria dos resultados

Partilha de dados  

 SEGUNDA PARTE

AVALIAÇÃO  

4. O QUE AVALIA A AVALIAÇÃO

Introdução

Definição de avaliação Psicológica

Tipo de técnicas utilizadas na avaliação psicológica

Questionários

Testes

Inventários

Escalas

Entrevista

Observação naturalista

Listas de verificação

Listas de classificação  

Literacia e avaliação psicológica  

Tipos de testes psicológicos

Testes individuais versus colectivos

Testes objectivos e não objectivos

Testes de papel e lápis

Testes de cultura equilibrada

Testes livres de cultura

Testes de referência a critério ou a conteúdo

 

Tipo de preenchimento

Testes preenchidos pelo próprio

Testes preenchidos pelo testador  

Preocupações relacionadas com o preenchimento

Desejabilidade social

Respostas aleatórias

Falsificação

Estilo de resposta  

O que avalia a avaliação psicológica

Inteligência

Personalidade

O que é específico na utilização dos teste em saúde

Quando é que a avaliação em saúde é avaliação psicológica  

5. INTERPRETAÇÃO DAS RESPOSTAS

Tipos de escalas de medida

Medidas nominais/categorias

Medidas ordinais

Escalas de intervalo

Medidas de raciocínio  

Técnicas de medição/tipo de escala

Métodos de classificação categorial Escala de Likert

Escala análoga visual

Escala de Thurstone

Escala de Gutman

Diferencial semântico

Escolha forçada

Dicotómicas  

Propriedades psicométricas

Propriedades psicométricas dos testes

Propriedades psicométricas da avaliação comportamental..  

Validade dos itens

índice de dificuldade do item

índice de discriminação do item

Distribuição das respostas

Correlação do item com a nota total do teste

Consistência interna do item

Validade convergente-discriminante do item

Itens dos testes de referência a critério

(ou de referência a conteúdos)

Técnicas psicométricas ou clinimétricas  

Outras características recomendadas na avaliação em saúde..

Apropriabilidade

Economia (burden)

Adequabilidade

Interpretabilidade

Conformidade

Aceitabilidade

Utilidade  

6CONSTRUÇÃO DE TESTES

Introdução

Com base no conteúdo dos itens

Com base em critérios empíricos

Com base na análise factorial

Com base em teorias da personalidade

Estudos em culturas e línguas diferentes

A construção de técnicas de avaliação transculturais

Como se costuma fazer a adaptação de instrumentos

Hipótese psicolexical

Abordagem absolutista versus abordagem universalista.

Aspectos técnicos na tradução

Aspectos a considerar quando se opta pela tradução

Como se constrói uma escala

Ética na avaliação

Direitos de autor dos testes

Bibliografia

1999/ 147 Pág.

ISBN: 972-8449-44-5