As Creches em Portugal

 

As Creches em Portugal: Políticas, Conceções e Práticas. Contributos para a formação de educadoras/es de infância

 

Financiamento

Projeto apoiado através do Financiamento Plurianual do CIIE (Financiamento Base, com a ref.ª UIDB/00167/2020), atribuído pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP. (no quadro da 1ª edição do concurso interno de apoio a projetos de investigação 2020-2023 do CIIE)

 

Referência

167/2020_conc1_02

 

Equipa de investigação

  • Cristina Rocha (IR)
  • Manuela Ferreira
  • Catarina Tomás, Escola Superior de Educação de Lisboa e CICS.NOVA
  • Roseli Nazario, Instituto Federal Catarinense - IFC/Brasil e FPCEUP/CIIE
  • Diogo Faria

 

Duração

12 meses
Data de início: 21-11-2022
Data de fim: 20-11-2023

 

Descrição

O projeto "As Creches em Portugal: políticas, conceções e práticas. Contributos para a formação de educadoras/es de infância", nasce da preocupação de participar no debate nacional acerca da Creche como contexto educativo próprio das crianças pequenas, em íntima articulação com as famílias e com a comunidade.

O projeto visa contribuir para o debate das políticas para a pequena infância, do espaço público da educação e da formação em educação de infância, sendo informado pelas Ciências da Educação. Tem uma abrangência geográfica nacional e baseia-se numa metodologia mista e num processo de recolha de dados diversificado: inquérito por questionário a educadoras/es de infância em exercício na Creche – processo este em curso; na análise documental ao nível das políticas em Portugal e na União Europeia – atividade também em curso; e entrevistas com personalidades reconhecidas no âmbito do pensamento educativo e das políticas acerca da Creche. Prevê-se a realização de entrevistas a personalidades reconhecidas no âmbito do pensamento educativo e das políticas acerca da Creche, representantes da associações profissionais, como a APEI e ACPEEP, e ainda, dirigentes de instâncias governamentais como a Direção Geral de Educação do Ministério da Educação (DGE), Instituto de Segurança Social (ISS), Direção de Educação das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira e do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Os resultados esperados permitem: enquadrar e discutir o contexto creche nas políticas para a infância; caracterizar as creches em Portugal, nas conceções e práticas com crianças dos 0-3 anos de idade, a partir das opiniões das/os educadoras/es de infância, bem como acerca da profissão; apontar contributos para a formação de educadoras/es de infância.

 

Palavras-chave:

Creches; Políticas; Conceções e Práticas; Formação; Educadoras/es de infância