Labs-On-The-Web

Financiamento 
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Programa POCI 2010

 

Referência 
POCI/N/04.01.02/0265/0001/2006

 

Investigadores responsáveis
José Martins Ferreira (FEUP) (IR geral)
Carlinda Leite (IR CIIE/FPCEUP)

 

Equipa 
Amélia Lopes
António Mendes Lopes (FEUP)
Francisco Vasques (FEUP)
Isabel Figueiredo
Jaime Villate (FEUP)
Joaquim Gabriel Magalhães Mendes (FEUP)
Maria Teresa Restivo (FEUP)
Rui Trindade
Sofia Castanheira Pais

 

Duração  
01.11.2006 - 31.10.2007

 

Instituição parceira
FEUP - Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

 

Resumo
O projecto tem por objectivo principal melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem dos alunos do ensino superior que frequentam cursos de engenharia, nomeadamente em áreas que se relacionam com a electrónica, a mecânica e a física. O acesso aos recursos laboratoriais desempenha nestas áreas uma importância fundamental, para consolidar os conhecimentos teóricos e para desenvolver competências práticas indispensáveis nas respectivas áreas de intervenção. Apesar da importância da prática laboratorial, as restrições que limitam o acesso dos alunos às bancadas de laboratório contribuem para o insucesso escolar e afectam negativamente a competência daqueles que obtêm aprovação. O acesso às bancadas de laboratório via web pode contrariar o insucesso escolar neste domínio específico, por possibilitar aos alunos a continuação do trabalho de laboratório a partir de casa ou de outro qualquer local. É importante salientar que o projecto não pretende dispensar os alunos da presença nos laboratórios, mas antes complementar aquela presença (na linha das metodologias frequentemente designadas por blended-learning, que neste caso são aplicadas aos trabalhos laboratoriais). A solução preconizada neste projecto flexibiliza o acesso dos alunos ao laboratório, ultrapassando as limitações tradicionais, que restringem este acesso ao horário das aulas práticas e pouco mais. O acesso via web às bancadas de laboratório estende o conceito de e-learning, ao permitir que também as actividades escolares de carácter laboratorial sejam realizadas em qualquer horário e a partir de qualquer local, tal como sucede já com o acesso aos conteúdos teóricos que são disponibilizados através das plataformas de e-learning. É ainda importante referir que o acesso via web às bancadas de laboratório, se bem que ainda em fase embrionária, existe há já vários anos. A instituição proponente e o Responsável Técnico do Projecto participaram aliás em diversos projectos internacionais nesta área, desde o ano 2000. Só agora, no entanto, estão disponíveis as tecnologias e as normas técnicas que facilitam a introdução destas soluções na prática lectiva corrente, já que os protótipos existentes eram normalmente realizados com o objectivo limitado de provar este conceito pedagógico ou de permitir a sua utilização em demonstrações, nomeadamente durante as aulas teóricas (servindo nesse caso apenas para o professor).