Managing for @ School of Success

 

 

 

M@SS – Managing for @ School of Success

 

 

Financiamento

Comissão Europeia, Programa Erasmus+ (KA2 - Cooperation for Innovation and the Exchange of Good Practices; field: Strategic artnerships for school education)

 

Referência

2015-1-PT01-KA201-013059

 

Coordenador geral

José Miguel Sousa, EDUFOR (Portugal)

 

Consórcio

Agrupamento de Escolas de Mangualde (Portugal) (Coord.)
CIIE/FPCEUP – Universidade do Porto (Portugal)
Istituto Omnicomprensivo 'Ridolfi – Zimarino' (Itália)
I Spoleczne Liceum Ogolnoksztalcace im Unii Europejskiej w Zamosciu (Polónia)
Branston Junior Academy (United Kingdom)
Confederación Española de Centros de Enseñanza Asociación C.E.C.E. (Espanha)
Gemeente 's-Hertogenbosch (Holanda)
 

CIIE/FPCEUP

Ana Mouraz

 

Duração

36 meses
1-9-2015 – 1-9-2018

 

Descrição

Managing for @ School of Success é um projeto integrado na ação chave “ Cooperação para a Inovação e a partilha de boas práticas” do Programa Erasmus+ (Comissão Europeia). Inclui-se no subgrupo das parcerias estratégicas que promovem a melhoria da educação escolar e constitui um consórcio de sete parceiros de seis países europeus: Portugal, Espanha, Itália, Países Baixos, Polónia e Reino Unido.

O projeto organiza-se em torno de 4 objetivos:

  1. Conhecer e partilhar experiências de gestão escolar em diferentes contextos europeus com diversos atores e tipologias de distribuição de responsabilidades;
  2. Identificar experiências desenvolvidas em diferentes níveis da gestão escolar, associadas ao princípio de uma gestão mais transparente, eficaz e promotora do conceito de escola inteligente;
  3. Promover a inovação da gestão escolar pela reflexão partilhada e internacional de experiências e estratégias inovadoras desenvolvidas a nível local;
  4. Produzir e divulgar conhecimento sobre políticas locais, municipais e nacionais relativas à gestão escolar, capazes de mudar as perceções dos stakeholders relativamente à gestão escolar.

O projeto desafia práticas relacionadas com a gestão escolar, a formação dos diretores de escolas e a descentralização educativa das políticas relevantes no âmbito desta parceria internacional e que se organizam em torno dos três tópicos estruturantes que balizam o projeto: a autonomia; o currículo e a autoavaliação das escolas.

De um modo específico, a equipa espera inovar e ampliar conhecimento comparativo acerca das políticas de gestão de escolas e respetivas práticas efetivas, nomeadamente aquelas que derivam da parceria internacional estabelecida entre as escolas, ao nível da gestão, em resultado das políticas de descentralização educativa, experimentados em vários países da europeus (OCDE, 2012) e relativas aos tópicos referidos. Por outro lado, o projeto irá contribuir para discutir conceitos e práticas de gestão educativa, as condições de implementação local e os impactos dessas políticas, uma vez postas em prática. Também se contribuirá para uma discussão mais ampla sobre o poder dessas práticas constituírem de facto formas inovadoras de gestão escolar e para o desenvolvimento dum modelo de "escolas inteligentes".

De um ponto de vista metodológico o projeto contará com jornadas de formação, visitas de estudo e algum trabalho de investigação de suporte e tem os diretores de escolas como alvo principal.

No seu decurso, o projeto desenvolverá um conjunto de recomendações adequadas para promover a formação avançada e especializada de diretores de escolas. Esta formação avançada será essencialmente garantida pela interação internacional e pela articulação entre a prática e a teoria que o projeto promoverá. Os resultados do projeto serão disponibilizados para outras escolas dentro dos países envolvidos apostar-se-á na divulgação internacional.