"Neste terceiro número da Revista, há uma forte presença de "culturas". Arrancando com i) uma focalização da "cultura feminina" e a "cultura das professoras" no fim da República/primórdios do Estado Novo (…), passando-se ii) a uma análise da "escriptualização e codificação dos saberes" pela cultura letrada da escola de massas (…), depois iii) pela identificação de alguns dos principais traços das modalidades de apropriação que os professores para integrarem a área-escola no contexto da sua cultura profissional e da cultura da escola (…), ainda iv) pela reconstrução identitária do professor português na Suíça e as implicações do seu trabalho para a "cultura dos emigrantes" (…), finaliza-se com dois artigos que abordam a cultura na pós-modernidade, um deles mapeando alguns discursos sobre a pós-modernidade e relacionando esses discursos com a educação e o ensino (…), e, o outro, considerando as implicações dos "novos mapas culturais" para o currículo como lugar privilegiado para o processo de formação de subjectividades sociais (…)."

  

Editorial

 

Artigos

 

Diálogos sobre o vivido

 

Arquivo

 

Recensões

  • Allez les filles! - Christian Baudelot & Roger Establet
    por Helena C. Araújo & Cristina Rocha

  • A imprensa de educação e ensino. Repertório analítico (séculos XIX-XX) - António Nóvoa (Dir.)
    por Justino Pereira de Magalhães

  • Os jovens e a leitura nas vésperas do século XXI - Ana Maria Magalhães & Isabel Alçada
    por Rui Vieira de Castro

 

Resumos

 

Diretor: Stephen R. Stoer
Formato: 17 x 24
Nº de páginas: 236
Editor: CIIE/Edições Afrontamento
Número: 3
ISSN: 0872-7643
Ano de Publicação: 1995