PT
EN

Investigadores

foto

Pedro Nobre
Investigador Responsável

CV

 

Pedro Nobre é Professor Associado com Agregação na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (desde 2012) onde dirige o SexLab (www.fpce.up.pt/sexlab) e é responsável pelo Grupo de Investigação em Sexualidade Humana do Centro de Psicologia da UP (CPUP) e membro do seu concelho diretivo. É ainda Diretor do Programa Doutoral em Sexualidade Humana (https://www.fpce.up.pt/pdsh/) primeiro em Portugal e único no espaço Europeu.

Pedro Nobre é atualmente presidente da World Association for Sexual Health (WAS) www.worldsexology.org (2017-2021).

Pedro Nobre licenciou-se em Psicologia (1993) e Doutorou-se em Psicologia Clínica (2003) pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Iniciou a sua carreira académica na UTAD em 1998 onde foi responsável pela criação da licenciatura em Psicologia e Diretor do Mestrado em Psicologia Clínica. Entre 2009 e 2012 foi docente no Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro onde foi diretor do Mestrado em Psicologia Forense e responsável pela criação do Laboratório de Investigação em Sexualidade Humana (SexLab), pioneiro no país e no sul da Europa.

Em termos de atividade científica coordenou diversos projetos de investigação financiados pela FCT na área da sexologia. Publicou mais de oito dezenas de artigos científicos em revistas internacionais indexadas e uma dezena de capítulos em livros internacionais. Orientou mais de meia centena de estudantes entre pós-doutoramentos, doutoramentos e mestrados. É ainda membro do conselho editorial de 4 revistas científicas internacionais, sendo editor associado do Journal of Sexual Medicine. Recebeu ainda vários prémios de mérito científico de onde se destaca o 2º prémio no Best Manuscript Award do Congresso da Associação Mundial de Sexologia atribuído em 2007.

Em termos de atividades de extensão universitária foi presidente da Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica (2008-2011) sendo atualmente presidente da sua assembleia-geral (2015-2017), presidente da Comissão Organizadora do 10º Congresso da Federação Europeia de Sexologia (Porto 2010) e Co-organizador do 10º Congresso da International Academy of Sex Research (Lisboa, 2012). É atualmente Presidente da Comissão Científica e membro do Advisory Committee da World Association for Sexual Health (2009 – 2017) onde coordena o projeto de criação da World Database on Sexual Health.

Investigadores Doutorados

foto

Ana Gomes
CV


Ana Luísa Quinta Gomes é Psicóloga Clínica, Doutorada em Psicologia pela Universidade de Aveiro. É Especialista em Psicologia Clínica, Psicoterapia e em Sexologia pela Ordem dos Psicólogos Portugueses e Terapeuta Sexual acreditada pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica. É investigadora do Centro de Psicologia da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (CPUP) e do Laboratório de Investigação em Sexualidade Humana (SexLab), onde se dedica ao estudo dos factores médicos e psicológicos envolvidos nas disfunções sexuais masculinas e femininas, e ao estudo da saúde sexual em doentes oncológicos. Tem vasta experiência clínica em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental e Terapia Sexual. Tem experiência docente e formativa na área da Psicologia Clínica e Sexologia Clínica. É autora de diversas publicações em revistas de circulação internacional com arbitragem científica e de diversos trabalhos apresentados em eventos científicos nacionais e internacionais. Colabora como revisora convidada de diversas revistas científicas internacionais nas áreas de Psicologia Clínica, Medicina Sexual, Ciências Médicas e Urologia

foto

Cátia Oliveira
CV

Cátia Oliveira é Psicóloga Clínica e Terapeuta Sexual creditada pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica e Professora Auxiliar na Universidade Lusófona do Porto. Doutorada em Psicologia Clínica (especialização em Sexologia) pela Universidade de Aveiro. Pós-doutoranda na Universidade do Porto, com investigação na área da Sexualidade Feminina, Terapia Sexual e Mindfulness. Investigadora da Unidade Laboratorial de Investigação em Sexualidade Humana (SexLab), com participação em diferentes projetos de investigação e membro Integrado Centro de Psicologia da Universidade do Porto. Tem experiência docente e formativa na área da Sexologia Clínica, Psicologia Clínica e Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais de 3ª Geração. Participação como palestrante em diferentes eventos científicos nacionais e internacionais.

foto

Joana Carvalho
CV


Joana Carvalho é doutorada em Psicologia e professora auxiliar nas áreas da Psicologia e Sexologia (Universidade Lusófona, Universidade do Porto). O seu trabalho de investigação foca as questões psicossociais envolvidas no funcionamento sexual masculino e feminino, bem como os factores de risco implicados na agressão sexual. Este trabalho engloba ainda investigação em contexto laboratorial, com recurso a técnicas psicofisiológicas e distintos paradigmas experimentais, para a compreensão dos processos cognitivos e emocionais implicados na resposta sexual humana. Os seus interesses passam pelos tópicos do desejo e excitação sexuais, modelos de resposta sexual humana, sexualidade e regulação emocional, hipersexualidade e violência sexual. Joana Carvalho é actualmente editora associada do Journal of Sexual Medicine, e membro de diferentes painéis europeus na área da Sexologia.

foto

Mariana Carrito
CV


Mariana Carrito é licenciada em Psicologia na Universidade de Aveiro e frequentou o mestrado em Psicologia Experimental e suas Aplicações na Universidade do Minho. A sua investigação de doutoramento decorreu na Universidade de Aveiro (em colaboração com o IBILI, Coimbra), mas também na Escola de Psicologia e Neurociências da Universidade de St Andrews na Escócia. Posteriormente, teve oportunidade de trabalhar como investigadora de pós-doutoramento no William James Centre for Research (ISPA Instituto Universitário, Lisboa) em colaboração com o Prof. Dr. Gün R. Semin. Atualmente, possui uma posição de investigadora doutorada no Centro de Psicologia da Universidade do Porto, como parte integrante do grupo de Sexualidade Humana (SexLab) orientado pelo Prof. Dr. Pedro Nobre.

Como psicóloga experimental, Mariana interessa-se maioritariamente pelo estudo dos mecanismos evolutivos inerentes às estratégias de mating em seres humanos. Possui conhecimentos na área da neuropsicologia, nomeadamente na análise de potenciais evocados e medidas psicofisiológicas periféricas.

foto

Nicolleta Cera
CV


Especialista na aplicação de estatística inferencial e de técnicas de análise de dados funcionais de ressonância magnética. Adquiriu ainda as principais metodologias para experiências comportamentais e imagéticas, possuindo um excelente conhecimento do software de análise de dados. Os seus interesses variam desde as bases cerebrais para a disfunção eréctil de génese psicológica ao envelhecimento e patologias associadas, tal como a doença de Parkinson e o défice cognitivo ligeiro. Este interesse por correlações cerebrais associadas à disfunção eréctil de génese psicológica permitiu-lhe desenvolver as suas competências no campo do comportamento sexual humano. Os resultados da sua investigação têm sido apresentados nas principais conferências e congressos nacionais e internacionais, dando-lhe a oportunidade de melhorar as suas capacidades de comunicação das descobertas relativas à disfunção sexual, depois publicadas em revistas da especialidade.Actualmente, os seus interesses focam-se na modificação da plasticidade cerebral durante o envelhecimento e em patologias associadas, tal como o estado pré-clínico da doença de Alzheimer. Aqui o seu trabalho tem-se focado nas modificações associadas à idade da conectividade funcional do lobo insular – que se acredita estar envolvido num conjunto de processos cognitivos e emocionais relevantes para o caso. Além disso, considerando a sua especialização no campo do processamento emocional e do comportamento sexual, estudou as influências dos odores na percepção e reconhecimento emocionais básicos durante as diferentes fases dos ciclos menstruais.

foto

Pablo Santos
CV

Pablo Santos é bolseiro de Pós-Doutoramento na Universidade de New Brunswick (Canadá), sob a supervisão da Professora Sandra Byers. É Licenciado em Psicologia pela Universidade de Salamanca (Espanha), tem o Mestrado em Desenho Experimental e suas Aplicações à Psicologia e à Saúde, pela Universidade de Granada (Espanha), e em 2012 completou o Doutoramento em Psicologia, pela mesma universidade. Atualmente desenvolve trabalho de investigação com a Professora Sandra Byers e a Dr.ª Diane LaChapelle, sobre o bem-estar sexual e a fibromialgia. Os seus interesses de investigação são os fatores que afetam o comportamento sexual, em particular a comunicação sexual; assim como os preditores da vitimização sexual em homens e mulheres. Tem experiência docente na área da Psicologia Clínica. No âmbito do Programa Doutoral realizou estágios na Universidade de Salamanca e na Universidade de Almeria (Espanha), na Universidade de Aveiro (Portugal), e na Universidade Tecnológica de El Salvador (El Salvador).

foto

Patrícia Pascoal
CV

Patrícia M. Pascoal é Psicóloga Clínica e da Saúde e Psicoterapeuta. É Professora Auxiliar na ULHT-Lisboa onde dirige o 1º Ciclo em Psicologia assim como o Mestrado em Sexologia e sub-coordena o Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde. Fez o Doutoramento Europeu em Psicologia Clínica pela Universidade de Lisboa, cum laude. É Terapeuta Sexual pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica (cum laude) e é presidente desta sociedade desde 2018. Tem o grau de Especialista em Psicologia Clínica pelo Ministério da Saúde e é atualmente responsável pela Consulta de Sexologia da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa (FPUL). Trabalhou como psicóloga clínica na área da Saúde Mental no Serviço Nacional de Saúde a tempo inteiro durante cerca de 10 anos salientando-se a atividade desenvolvida no Serviço de Psicoterapia Comportamental do Hospital Júlio de Matos. É psicoterapeuta Cogntivo-comportamental pela Associação Portuguesa de Terapia do Comprotamento, a cujos ciorpos sociais pretence. É Investigadora do SexLab na Universidade do Porto e também no CICPSI-FPUL onde faz parte do corpo docente da Unidade Curricular de Introdução à Sexualidade Humana. Desenvolve investigação na área da psicologia clínica e da saúde e tem publicações científicas em revistas nacionais e internacionais. Coordenou durante vários anos a linha SOS Dificuldades Sexuais. É membro associado da International Academy of Sex Research, da Society for the Scientific Study of Sexuality e da Associação Portuguesa de Terapia Comportamental.

foto

Pedro Laja
CV


Pedro Laja é Licenciado em Psicologia Clínica pela Universidade de Coimbra. Tem pós-graduações em Psicologia da Saúde e Psicoterapia Cognitivo-Comportamental conferidas pela Universidade Autónoma de Madrid e pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.  Assistente Convidado na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Bolseiro de Investigação da Universidade de Aveiro. Colaborador do Laboratório de Investigação em Sexualidade Humana (Sexlab). Autor de comunicações na área da Sexualidade, apresentadas em Congressos Internacionais. Psicoterapeuta.

foto

Ricardo Barroso
CV


Ricardo Barroso, PhD. Professor Auxiliar na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Doutorado em Psicologia pela Universidade de Aveiro, no âmbito da violência sexual juvenil. Licenciado em Psicologia e Mestre em Psicologia Clinica pela Universidade do Minho e Pós-graduado em Medicina Legal pela Universidade do Porto. Membro da Direção da EFCAP (European Association for Forensic Child & Adolescent Psychiatry and Psychology , www.efcap.org). Membro da Comissão Cientifica da IATSO (International Association for the Treatment of Sexual Offenders, www.iatso.org). Os seus interesses de investigação centram-se no estudo dos comportamentos sexuais de jovens agressores sexuais, comportamentos de agressão e delinquência juvenil.

 

foto

Sandra Vilarinho
CV

Psicóloga clínica, com Doutoramento em Psicologia Clínica pela Universidade de Coimbra. Mantém prática clínica desde há 20 anos. É também terapeuta sexual, pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica (SPSC). Dedica-se particularmente às problemáticas femininas do desejo e interesse sexual, aos problemas de disfunção erétil e ejaculação prematura nos homens e às dificuldades ao nível da comunicação e intimidade nos casais. Atualmente é Presidente da SPSC e integra a comissão executiva da Federação Europeia de Sexologia (FES). Conjuga a clínica e a investigação na área da sexualidade com um interesse especial pela meditação, desde 2003. É instrutora de MBCT (Mindfulness Based Cognitive Therapy) pela Universidade de Bangor (Reino Unido) e instrutora de MSC (atenção plena com autocompaixão), pelo Center for Mindful Self-Compassion da Universidade da California, San Diego.

Defende que as práticas meditativas podem ser incluídas na terapia sexual, ajudando a acalmar a mente e a facilitar a ligação com o corpo, com os sentidos e sensações, o que permite uma maior intimidade, melhor comunicação, mais prazer e abre espaço ao verdadeiro encontro sexual. Como investigadora de pós-doutoramento, estuda o papel de abordagens baseadas no mindfulness e autocompaixão (no âmbito da Terceira Geração na Terapia Cognitivo-Comportamental) ao nível do desejo e excitação sexual.

Investigadores Não Doutorados

foto

Inês Tavares
CV

Inês Tavares é Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. É doutoranda no Centro de Investigação em Sexualidade Humana, da Universidade do Porto. As suas áreas de interesse incluem a psicofisiologia da resposta sexual humana e, mais especificamente, a contribuição diferencial de aspectos fisiológicos e psicológicos para as dificuldades sexuais (por exemplo, de orgasmo feminino). Os seus atuais interesses de investigação incluem os aspectos individuais e relacionais de cariz psicológico envolvidos na saúde sexual de casais em transição para a parentalidade.

foto

Raquel Pereira
CV

Raquel Pereira é Psicóloga Clínica e Investigadora do Grupo de Investigação em Sexualidade Humano do Centro de Psicologia da Universidade do Porto. Em 2014, concluiu o Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Em 2015, iniciou o doutoramento nesta faculdade na temática da sexualidade e incapacidade física, sob orientação do Prof. Dr. Pedro Teixeira (Universidade do Minho) e do Prof. Dr. Pedro Nobre. Neste âmbito, colaborou com o Centro de Reabilitação Profissional de Gaia enquanto Psicóloga Júnior, e realizou formação complementar no estrangeiro, na KU Leuven e no Centro Sophia Revalidatie. Colabora atualmente em diferentes projetos de investigação na área da Sexologia Clínica, e tem experiência de dinamização de ações de educação sexual com jovens. É autora e co-autora de várias publicações científicas, e tem experiência enquanto revisora para o Journal of Sexual Medicine. Detém Pós-Graduação em Sexologia Clínica, Níveis 1 e 2 (Educação Sexual e Counselling) pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica, onde se encontra a frequentar o Nível 3, de Terapia Sexual. É membro efectivo da Ordem do Psicólogos Portugueses, membro estudante da International Academy of Sex Research e sócia da Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica.